Um Abraço para as novas gerações

O projeto

A campanha Abrace Macaúbas surgiu a partir de uma reunião na 6ª Promotoria de Justiça da Comarca de Santa Luzia, com a presença das irmãs concepcionistas e de várias instituições partícipes da preservação do Mosteiro de Macaúbas que irão se articular em frentes diversas para garantir o atendimento das necessidades do complexo histórico, evitando danos ao importante patrimônio cultural brasileiro.

Entre as principais obras enumeradas para a campanha, estão a substituição do defasado sistema elétrico, a desinfestação de cupins presentes em todo o prédio, a restauração dos elementos artísticos (nunca restaurados) e a organização e catalogação de toda a documentação, todos protegidos por atos de proteção nas instâncias federal, estadual e municipal.

O Mosteiro

Construído a partir da iniciativa do ermitão Félix da Costa no sertão das Minas Gerais, o Mosteiro de Macaúbas é a única construção colonial do estado com características conventuais. Localizado no município de Santa Luzia, o mosteiro comemorou em 2014 os trezentos anos do início de sua construção, que serviu ao primeiro recolhimento feminino do estado.

Monumento religioso, histórico, artístico, cultural e paisagístico, o Mosteiro foi tombado, em 1963, pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN), em 1978, pelo Instituto Estadual do Patrimônio Histórico e Artístico de Minas Gerais (IEPHA/MG), e, em 1989, pela Prefeitura Municipal de Santa Luzia.

"Trata-se de um conjunto do maior interesse histórico e arquitetônico. Pelo seu vulto, grandeza e destino é edifício digno de apreço."

"Arquiteto Paulo Thedim Barreto (SPHAN - 1962)

METAS

Mosteiro de Macaúbas

O desafio para se preservar uma construção colonial de mais de 11mil metros quadrados é enorme. E, como se não bastasse o tamanho da construção, em grande parte ainda original do século dezoito, o Mosteiro de Macaúbas conta com espaços diferenciados como suas capelas e oratórios que exibem o estilo rococó. Com grande destaque para a Capela de Nossa Senhora da Conceição e Capela dos Aflitos, os elementos artísticos do Mosteiro nunca receberam nenhuma ação de restauração e o tempo e o ataque de cupins tem levado a uma degradação crescente. Somado a essas peculiaridades, a necessidade da organização e restauração de documentos que contam toda a trajetória da instituição, fundada como um recolhimento feminino.

Para a primeira fase da campanha, foram enumeradas algumas ações, como: a substituição do defasado sistema elétrico, a desinfestação de cupins presentes em todo o prédio, a restauração dos elementos artísticos e a organização e catalogação de toda a documentação, todos protegidos por atos de proteção nas instâncias federal, estadual e municipal.

  • Restauração do ‘Muro da Lenha’ (muro construído no século dezoito na técnica construtiva do adobe e cobertura de beira-seveira): Valor estimado: R$250.000,00

    >>> Obs: no dia 05/09/2017 foi assinado Termo de Compromisso entre a Prefeitura Municipal de Santa Luzia e o Ministério Público do Estado de MG para execução da obra de recuperação do muro de adobe situado no entorno do Mosteiro de Macaúbas, conforme projeto aprovado pelo IPHAN e pelo IEPHA.

    Descupinização do Mosteiro. Valor estimado: R$136.000,00

    >>> Obs: no dia 05/09/2017 o IPHAN se comprometeu articular as ações necessárias para a descupinização.

    Saldo da conta poupança em 22/09/2017: R$

  • Após captação dos recursos, execução das obras.

Como Participar

Abrace Macaúbas espera contar com a participação de amigos e benfeitores para conquistar as metas da campanha. Para isso, foi nomeada uma comissão específica para a coordenação da captação de recursos composta pelas seguintes instituições: Mosteiro de Macaúbas, Associação Cultural Comunitária de Santa Luzia, Memorial da Arquidiocese de Belo Horizonte, Paróquia de Santa Luzia e Vicariato da Ação Missionária das Cidades Históricas. Foi aberta uma conta bancária específica para receber as doações que poderão ser de pessoas físicas e jurídicas.

Para doar qualquer quantia:
Banco: Caixa Econômica Federal
Nome: Mosteiro de Nossa Senhora da Conceição Macaúbas
Agência:1066
Operação 013
Conta Poupança: 75.403/4
CNPJ: 19.538.388/0001-07

Todas as ações serão acompanhadas pela 6ª Promotoria de Justiça da Comarca de Santa Luzia e fiscalizadas pela Comissão Técnica constituída pela Secretaria Municipal de Cultura e Turismo de Santa Luzia, Instituto Estadual do Patrimônio Histórico e Artístico de Minas Gerais (IEPHA/MG) e Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN).

DEPOIMENTOS

Repercussão

A imprensa tem divulgado nossa campanha. Acompanhe as principais notícias publicadas sobre o abraço ao Mosteiro de Macaúbas.